Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

PSA Peugeot Citroën Brasil | 30 de setembro de 2014

Rolar para cima

Subir

Centro de Produção

produção
Uma fábrica que se insere na estratégia de desenvolvimento do Grupo PSA Peugeot Citroën no Brasil.

A produção

Localizado no estado do Rio de Janeiro, o Centro de Produção de Porto Real, uma das dezoito fábricas do Grupo PSA em todo o mundo, foi o primeiro a lançar, no início de 2001 e num período de apenas cinco meses, a produção quase simultânea de um modelo de cada marca: o Citroën Xsara Picasso e o Peugeot 206.

A flexibilidade das linhas de montagem possibilita a fabricação de diferentes veículos das duas marcas. Atualmente, o Centro de Produção fabrica os Peugeot 208, 207, 207 Passion e Hoggar e os Citroën C3, C3 Picasso e Aircross.

A capacidade de produção da fábrica é de 160.000 veículos por ano em três turnos. Desde 2001, mais de 1 milhão de veículos já saíram de suas linhas de montagem. Em 2012, a unidade produziu 100.000 veículos das marcas Citroën e Peugeot.

Este mesmo centro de produção fabrica também os motores 1.4l, 1.5l e 1.6l flexfuel e a gasolina (para exportação). No ano passado, a fábrica de motores produziu 170.000 unidades. Ampliando as atividades do Centro de Produção de Porto Real, em julho de 2009, foi inaugurada a Unidade de Usinagem de motores, que tem capacidade total para produzir 100.000 blocos de ferro fundido e 80.000 cabeçotes de alumínio por ano, em três turnos.

O Centro de Produção de Porto Real emprega cerca de 3.200 funcionários na produção, num total de 4 mil colaboradores efetivos (incluídas as áreas administrativa, de engenharia e de desenvolvimento de produto), além de gerar empregos indiretos na região.

produção2

Em 2002, o Centro de Produção de Porto Real obteve a certificação ISO 14001 (Sistema de Gestão Ambiental), que tem sido renovada anualmente desde então. Em abril de 2004, a fábrica de Porto Real obteve a certificação da versão mais atualizada da norma de qualidade ISO 9001/2000, além da certificação RHP (Riscos Altamente Protegidos), que é o mais alto nível de reconhecimento em matéria de prevenção e proteção contra incêndio concedido a empresas.

Em outubro de 2011, a PSA Peugeot Citroën anunciou investimentos de R$ 3,7 bilhões no Brasil de 2010 até 2015 e, como parte deste montante, está previsto o aumento da capacidade do centro de produção. Considerado um exemplo dentro do Grupo PSA em todo o mundo, o Centro de Produção de Porto Real vem obtendo resultados excepcionais em matéria de segurança no trabalho e meio ambiente.

Todas as atividades do Centro de Produção de Porto Real seguem o Programa de Gestão Ambiental, que, atendendo a política ambiental do Grupo PSA, prioriza a redução do uso de recursos naturais (água, energia elétrica, gás natural) e busca minimizar a geração de resíduos provenientes dos processos industriais, dando a eles destinação adequada. O programa também controla os impactos ambientais das atividades fabris e garante aos colaboradores da PSA Peugeot Citroën formação constante, a fim de que todos estejam comprometidos com a preservação ambiental.

Ficha Técnica

O complexo industrial do Grupo PSA no Brasil está passando por obras e recebendo novos equipamentos para ter sua capacidade ampliada, em uma primeira fase, de 29 veículos/hora para 40 veículos/hora. Com isso sua capacidade de produção passará para 220.000 veículos por ano, contra as atuais 160.000 unidades, em três turnos

Fábrica de Veículos Inaugurada em fevereiro de 2001

Capacidade de produção: 160.000 veículos por ano em 3 turnos

Modelos produzidos:

Peugeot
208
207
207 Passion
Hoggar
Citroën
C3
C3 Picasso
Aircross

Fábrica de Motores

Inaugurada em março de 2002
Capacidade de produção: 220.000 motores por ano em 3 turnos


Motores produzidos:

Motores de 1.4, 1.5 e 1.6 litro flexfuel e a gasolina (para exportação)
Unidade de Usinagem de Motores Inaugurada em julho de 2009
Capacidade de produção: 100.000 blocos e 80.000 cabeçotes por ano em 3 turnos
Componentes produzidos: – Blocos de ferro fundido e cabeçotes de alumínio para motores de 1,6 litro.